Ashaninka
NC

Veja no Mapa »

Ashaninka

Há cerca de três a quatro aldeias Ashaninka no Brasil e cerca de 520 no Peru. Dados da Comissão Pró-Índio do Acre apontavam o total de 869 índios da etnia em 2004. O termo Ashenĩka é a autodenominação do povo e pode ser traduzida como 'meus parentes', 'minha gente', 'meu povo'.

A etnia Ashaninka pertence à família linguística Aruak ou Arawak. Apesar de algumas diferenças nos dialetos, eles apresentam significante homogeneidade cultural e linguística. Em relação à cosmologia e ao xamanismo, os Ashaninka tem uma visão dualista do universo, sendo que para eles as fronteiras entre o Bem e o Mal são bem definidas.

Outra particularidade da etnia é que eles sempre usaram roupas, ao contrário de outros grupos das terras baixas sul-americanas. A veste tradicional dos Ashaninka é chamada de kushma. Entre os instrumentos musicais típicos do grupo estão os tambores, chamados de tãpo e a flauta de tipo sõkari. O tambor é feito de madeira de cedro e recoberto com couro de animais, como queixada ou macacos de várias espécies.  O sõkari é uma flauta de pã feita de bambu e amarrada com cordas de linha de algodão.

Como resposta à exploração madeireira, a etnia criou em 1991 a Associação Ashaninka do Rio Amônia ou Apiwtxa. A instituição surgiu com o objetivo de oferecer aos Ashaninka uma ferramenta legal para negociar e executar projetos, além de defender os interesses da aldeia do rio Amônia. A Apiwtxa foi registrada oficialmente em 1993 e funciona até hoje. Para conhecer o trabalho da Associação acesse o blog http://apiwtxa.blogspot.com/ ou acompanhe a entidade pelo twitter (http://twitter.com/apiwtxa).

 

Saiba mais:
http://pib.socioambiental.org/pt/povo/ashaninka
http://apiwtxa.blogspot.com/


artistas e grupos similares
Kayapó / Mebêngôkre

Kayapó / Mebêngôkre

Os Kayapó, que também recebem os nomes Caiapó, Gorotire, A'ukre, Kikretum, Makragnotire, Kuben-Kran-Ken, Kokraimoro, Metuktire, X [»]

Conhecer »
Kariri-Xocó

Kariri-Xocó

[»]

Conhecer »
Yawanawá

Yawanawá

[»]

Conhecer »