Circo Bambulengo
Tariana Zaccariotti

Circo Bambulengo

Um circo (ainda) sem lona com música, bonecos, palhaços e bambu!

Essa é a proposta do Circo Bambulengo. Formado por Maçaroca, Canelinha, Catinguêra, Barnabé e Mulambo, possui um repertório diversificado composto de músicas, bonecos, números circenses, contação de história e palhaçarias, sempre valorizando a cultura popular brasileira.

Nesse circo, com muita palhaçada, tudo começa e termina com música. As crianças se diverteme os entardecidos se encantam com Os Lengo-lengo – banda de palhaços que apresentam brincadeiras musicais (parlendas e trava-línguas) e canções tradicionais, de roda e folclóricas. Entre as canções mais conhecidas do universo infantil estão Alecrim, Fui ao mercado, O sapo, A barata e O pato.

Os jogos cênicos com os bonecos e a contação de história, transformam adulto em criança, boneco em gente, gente em boneco… e a partir daí, tudo é possível! Flautista mágico, oráculo da floresta de bambu, gigantes, anões, bruxas e até o incrível e mítico boibulengo. Com tanto palhaço em cena, o que não pode faltar são os truques, trapaças e brincadeiras, com cenas tradicionais e números de mágicas.

O Bambu é o elemento catalisador desses multiartistas e artivistas, que além do cenário e personagens inspirados no bambu, há cerca de quinze anos oferecem oficinas de musicalização e confecção de instrumentos em bambu para crianças, jovens e adultos.

Trajetória

O Circo Bambulengo surgiu em 2012, fruto da trajetória musical e cênica de Diogo Machado, Pedro Verano e Cesar Henrique (respectivamente Maçaroca, Canelinha e Cantinguêra) no grupo Triêro

e na Cia. Volta Seca de Teatro de Circo.

Nas oficinas pedagógicas que são itinerantes – que podem acontecer em escolas, projetos e eventos– a trupe ministra oficinas de fabricação de instrumentos em bambu (flautas, bongô, pau de chuva e recoreco),

de brinquedos (rói-rói, corrupio, boneco de dedo, vai e vem), de pintura de rosto e musicalização coletiva para crianças, jovens e adultos.

Há mais de dez anos o grupo desenvolve um trabalho de musicalização com pessoas portadoras de deficiência física e ou cognitiva, em projetos sociais e assistenciais, clínicas de fisioterapia e escolas. Nas oficinas de musicalização se aprende, além dos ritmos, a fabricar e utilizar os instrumentos.

Já na oficina fixa, que fica no bairro Novo Mundo em Goiânia, se produz os bonecos (pequenos e gigantes), cenários, instrumentos e outros objetos de bambu. Se quiser conhecer, basta entrar em contato pelo email.

artistas e grupos similares
Boca do Lixo

Boca do Lixo

[»]

Conhecer »
Artetude

Artetude

O circo teatro Artetude foi criado em 1999, em Brasília, pelos Irmãos Saúde, Ruiberdan e Ankomárcio, conhecidos como palhaços R [»]

Conhecer »
Circo Laheto

Circo Laheto

O Grupo Laheto surgiu em 1980 como resultado de um trabalho sociocultural desenvolvido com índios e posseiros na região do Baixo A [»]

Conhecer »