Lívia Mattos
Divulgação

Lívia Mattos

Lívia Mattos começou a sua carreira artística no circo, onde despertou o interesse pelo acordeom como recurso cênico. A partir de então incursionou no meio musical, em bandas e espetáculos, dando início, em 2008, ao seu trabalho solo. Estreou em palcos soteropolitanos, seguindo por shows em São Paulo, através de diversos projetos e espaços, como o Prata da Casa, no SESC Pompéia; Catarse; Casa de Francisca; Virada Cultural de São Paulo; Projeto Viva Vila, dentre outros. Em 2011, aprovou o projeto de circulação pelo Edital Vivaldo Ladislau (FUNCEB), realizando seu show por cidades do interior da Bahia. Apresentou-se também em projetos como Natal Remix (BA), Festival Lado BA (BA) e Zona Mundi (BA), Festival Estação Catraca Livre (SP), Prêmio Brasil Criativo (SP), Festival Latitudes latinas(BA), Mostra SESC (BA), etc. Nos últimos três anos realizou turnês europeias, apresentando-se pela França, Alemanha, Rússia, Estônia, Irlanda, Reino Unido, Grécia, Bélgica, Espanha, Áustria e Dinamarca. Concomitante ao seu trabalho, acompanha o cantor e compositor Chico César em shows pelo país, como também pela Europa e América Latina, participando de projetos como Conexão Latina (SP), Grand Mix du Brésil (FR), AnjosTortos (DF/RJ), Conexão Vivo (MG/BA), dentre outros. No presente ano apresentou-se em dois importantes festivais de acordeom pelo mundo: “Accordions Around the World”, em Nova Iorque, e no “Akkorden Festival Wien”, em Viena.

Dentro da sua busca sonora utiliza a sanfona como instrumento de criação e pesquisa, com a liberdade de transitar por influências cosmopolitas e regionais, apropriando-se do lirismo seresteiro, do baile caribenho, assim como de referências musicais que remetem ao universo circense e nordestino. Trabalha com a produção de trilhas para conteúdo audiovisual e para espetáculos e performances de diferentes linguagens, mantendo o seu desejo de tocar e criar para a cena. Atua em performances circenses/musicais tocando nas alturas de guindastes, tirolesas e trapézios, como também equilibrada no monociclo. Nos últimos meses participou na Virada Cultural de São Paulo e do Festival Paulista de Circo com a sua performance “Sanfona aérea”. Formada em Sociologia pela Universidade Federal da Bahia, dá continuidade a sua pesquisa sobre música no circo começada na academia, através do registro audiovisual de entrevistas com circenses veteranos.




artistas e grupos similares
Baile do Seu Dedé

Baile do Seu Dedé

Seu Dedé (Adelídeo Ferreira de Almeida) é raizeiro e sanfoneiro da Chapada dos Veadeiros. [»]

Conhecer »
Flor de Manacá

Flor de Manacá

Com o intuito de construir mais espaços para as mulheres na música, nasce a Banda Flor de Manacá (RJ), de forró. [»]

Conhecer »
Pacatto do Alto

Pacatto do Alto

O Cerrado, o amor e as coisas simples da vida são inspirações para os versos do compositor e instrumentista Pacatto do Alto. [»]

Conhecer »