Ponto Br

Ponto Br
Foto: Lela Beltrão

Ponto br é um coletivo que reúne alguns dos principais guardiões da nossa cultura tradicional, como Mestre Walter do Maracatu Raízes de África, Mestra Zezé de Iemanjá da Casa Fanti Ashanti (MA) e Ribinha de Maracanã, amo e cantador do Bumba Boi de São Luís, em diálogo com a paulistana Renata Amaral, o pernambucano Eder O Rocha, o suíço Thomas Rohrer e o maranhense Henrique Menezes, músicos conhecidos da cena contemporânea.


Propõe o espaço da arte como local de encontro e diálogo possível entre vertentes e gerações, onde diferenças estéticas e temporais são harmonizadas. Se tornou referência do diálogo com nossa cultura tradicional, recebendo diversos prêmios e aprovações em editais públicos de empresas como Petrobras, Caixa e Natura, se firmando como um dos principais coletivos da cena musical contemporânea.

Em 2017 o Festival Ponto Br de Jardim a Jardim, ocupou centro e periferia da cidade de São Paulo com shows, oficinas e cortejos, reunindo cerca de 4 mil pessoas. Em 2018, realizou dois shows de pré lançamento do disco Trancelim no palco do Sesc Paulista; show de encerramento da turnê Na Eira no Rio de Janeiro, e em novembro de 2018 lança seu novo trabalho, o já mencionado Trancelim, no palco do Sesc Pompeia.


artistas e grupos similares

Um projeto
Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge